OS TÚNICAS AZUIS - Ed. Martins Fontes - nº 10 - 1986 - "Os Azuis e os Túnicas"

OS TÚNICAS AZUIS - Ed. Martins Fontes - nº 10 - 1986 - "Os Azuis e os Túnicas"

OS TÚNICAS AZUIS - Na mesma linha de Asterix (de Uderzo e Goscinny) e Lucky Luke (de Morris), temos "Os Túnicas Azuis" (Des Tuniques Bleues) hilariante série a cores sobre a cavalaria americana no Velho Oeste. 

Com texto de Raoul Cauvin e desenhos de Louis Salvérius, iniciada por volta de 1968, a série é mais um exemplo da indiscutível criatividade franco-belga nos quadrinhos, que já produziu ao longo dos tempos, uma quantidade enorme de personagens e edições, com sucesso em todo o mundo. Neste número 10 temos a história "Os Azuis e os Túnicas"

A série, inicialmente, tinha um cunho mais humorístico, porém, a partir do seu segundo número, passou a ter um caráter de maior seriedade, cujas histórias são ambientadas no período da Guerra da Secessão Americana, com uma vertente cômica. Com a morte de Salvérius em 1972, os desenhos foram assumidos por Willy Lambil, que adotou um tom mais sério, reduzindo a comicidade, mas sempre mantendo o espírito original muito irreverente.

Um produto de altíssima qualidade. 

O Velho Oeste transformou-se em uma fonte quase inesgotável de ideias sobre histórias em quadrinhos no eixo França-Bélgica, graças à incrível criatividade de autores e desenhistas que surgiram ao longo dos anos, principalmente no período 1940-1970, conferindo a esses dois países reconhecida capacidade de produção de quadrinhos de alta qualidade. 

Lamente-se que a década de 1980 no Brasil, conhecida como "A Década Perdida", foi um período de baixos investimentos, alta inflação e altas taxas de juros, com forte impacto no consumo, inclusive de publicações como esta. 

Leiam mais sobre os quadrinhos franco-belgas, no módulo "Curiosidades sobre Gibis" - itens 11, 26, 27, 29, 33, 34, 46, 47 e 50, neste site.

 

                                                                      Vejam as ilustrações abaixo:

        Cabo Blutch e Sargento Chesterfield                                E, abaixo, uma cena de "rotina"

  

                                                                    www.pinterest.com