FOTO WEST - Ediex - nº 03 - 1962 - c/Clark Gable - "Assim são os Fortes"

FOTO WEST - Ediex - nº 03 - 1962 - c/Clark Gable - "Assim são os Fortes"

FOTO WEST - Mais um exemplar do gibi editado pela Ediex (Editormex), na década de 1960, desta vez, o nº 03, com o filme "Assim são os Fortes - Across the Wide Missouri" (1951), dirigido por William A. Wellman, com Clark Gable no papel principal, e com John Hodiak e Ricardo Montalban, este fazendo o papel de um violento guerreiro índio. Gable vive um caçador que se embrenha pelos confins da terra selvagem à busca de peles, e que se casa com uma belíssima índia.

O filme retrata com grande fidelidade, como era a vida naqueles tempos - primeira metade do século XIX, na terra selvagem do Velho Oeste americano, com a chegada dos caçadores de peles e a construção dos primeiros fortes, mostrando a violência do confronto entre brancos e índios. É, na verdade, um precioso documento da época, em vista do realismo de suas cenas. A bela atriz Maria Elena Marqués, oriunda do cinema mexicano, não mais foi vista em filmes americanos, apesar de ter desempenhado bem seu papel neste filme.

Dois fatos curiosos sobre o filme

1. Como era o início da colonização do Oeste americano, havia uma quantidade considerável de estrangeiros no filme: irlandeses, escoceses, franceses, etc. O diretor, tomando uma medida de alto significado em relação ao realismo, fez com que cada um falasse sua própria língua, inclusive os índios "blackfoot";  

2. A MGM investiu muito no filme e consta que acabou tendo prejuízo uma vez que o retorno não foi o esperado. E tanto o filme quanto seu diretor - William A. Wellman - ficaram marcados por um fato até certo ponto lamentável, dado que o faroeste é de muito bom nível. Ocorre que, nas cenas finais, o filho do personagem vivido por Clark Gable, um bebê, fica preso na sela de um cavalo que, assustado pelo ataque dos índios, sai em disparada. Por uma falha de continuismo, ou de montagem, o bebê ora aparece do lado direito, ora do lado esquerdo do cavalo. Mesmo isto não tendo diminuído o valor do filme, provocou um enorme aborrecimento ao seu diretor que, dizem, jamais se recuperou dessa falha.  

Apesar das páginas estarem amareladas pelo tempo decorrido - o gibi foi editado há exatos 55 anos !!! - é possível ver claramente, em preto-e-branco, cenas do belo faroeste, originalmente produzido a cores. A Ediex permaneceu pouco tempo no Brasil, somente 5 ou 6 anos editando esses gibis sobre filmes, algumas revistas e livros de bolso, mas deixou um rico acervo hoje nas mãos de abnegados colecionadores, como é o caso deste exemplar, que contém um dos bons filmes de Clark Gable, publicado com o título de "A Bela Índia".

Vejam mais informações sobre a Ediex, no módulo "Curiosidades sobre Gibis" - itens 4, 23, 24, 28, 43 e 48.

 

                                              Vejam um cartaz do belo faroeste

                                

                                                                                                                www.imdb.com