ROY ROGERS - Agência Portuguesa de Revistas - nº 74 - s/data

ROY ROGERS - Agência Portuguesa de Revistas - nº 74 - s/data

ROY ROGERS - Aqui um gibi diferente do que nos acostumamos no Brasil. Trata-se de um gibi no formato 0,165 x 0,237, portanto, menor que o formato americano, com 32 páginas em quadrinhos preto-e-branco, editado em Portugal, país que faço sempre questão de registrar, deu e continua dando enorme atenção aos gibis de toda natureza. É admirável a produção portuguesa de gibis (e sempre de boa qualidade). 

Não há indicação de data, mas presumo que seja da década de 1970 e, da mesma forma, não há indicação do desenhista, apesar de que os traços dos personagens são muito parecidos com os desenhos originais de John Buscema, que desenhou Roy Rogers, nos USA, por muitos anos. Não tenho como afirmar, no entanto, que os desenhos sejam dele.

Consta que o gibi foi produzido por Aguiar & Dias Ltda, de Lisboa, e distribuído pela Agência Portuguesa de Revistas. Roy Rogers, como já sabemos, foi um dos maiores cowboys-cantores do cinema; os outros foram: Gene Autry, Rex Allen e Tex Ritter. Todos eles exibiam vistosas camisas coloridas, como esta da capa do gibi.

É um gibi agradável de se ler e contém praticamente apenas uma história, que ocupa 26 páginas. Há uma outra curta história, em 4 páginas sem relação com Roy Rogers. Um detalhe interessante, bem diferente dos gibis brasileiros, recheados de propagandas comerciais, à época, é que as páginas são limpas, isto é, só contêm os quadrinhos. 

Nas duas últimas páginas, 31 e 32, além da última contra-capa, podemos encontrar três propagandas (a última da própria distribuidora), uma em cada página. Tudo muito bem distribuído, portanto, sem agressões à leitura e à paciência do leitor. 

Um gibi interessante. Grande Roy Rogers!!!