SUPERAVENTURAS - Ediex - nº 30 - 1963 - c/Alan Ladd - "Os Brutos Também Amam - Shane"

SUPERAVENTURAS - Ediex - nº 30 - 1963 - c/Alan Ladd - "Os Brutos Também Amam - Shane"

SUPERAVENTURAS - Publicação de filmes em fotos preto-e-branco. Trata-se, neste valioso exemplar, da publicação pela Ediex (Editormex), de um dos mais cultuados westerns de todos os tempos: SHANE, dirigido por George Stevens para a Paramount. No Brasil, o filme recebeu o título de "Os Brutos Também Amam" e obteve um sucesso extraordinário. 

O gibi Superaventuras da Ediex o publicou no número 30, em 1963, com o título de "O Homem dos Vales Perdidos", acompanhando o título do filme na França e na Itália, transformando-se, sem dúvida, em um dos melhores momentos dos gibis Ediex

No elenco do filme, temos (os principais): Alan Ladd, Van Heflin, Jean Arthur, Jack Palance, Ben Johnson, Brandon de Wilde e Emile Meyer (este, sem dúvida, no melhor desempenho de sua carreira, no papel do barão de gado: Rufus Ryker).

O grande filme, que muitos consideram o maior dos faroestes, foi filmado em 1952, mas passou longo tempo na sala de montagem, por exigência do diretor, tendo sido lançado apenas no ano seguinte - 1953 e concorrido ao Oscar em 1954, tendo vencido o de "fotografia a cores - de Loyal Griggs".

Eu assisti Shane, pela primeira vez, em 1959 mas, àquela época, com apenas 10 anos de idade, eu não consegui compreendê-lo bem, recordo-me apenas do impacto que tive ao me deparar com aquelas imagens. Só fui constatar seu valor um pouco mais tarde, já em 1962, quando o vi novamente, lá em minha cidade do interior de MG - Muzambinho, no Cine São José do Hugo Bengtson. Desde então, acredito, já o assisti uma centena de vezes.

O gibi está completando 54 anos e o filme tem 64. A composição do gibi é muito boa, com fotos muito nítidas e descrição/diálogos de alto nível. Um grande momento dos gibis da Ediex, sem dúvida. 

Um fato curioso sobre o gibi e que me traz grandes lembranças é que, quando ele foi lançado pela Ediex em 1963, eu e meus amigos tínhamos por volta de 14 anos de idade e Shane, que já tínhamos visto no cinema, era para nós, o maior entre os maiores faroestes, não havia outro igual. Ao me deparar com o gibi na banca não acreditava no que via, isto porque, no número anterioor do gibi, não havia sido dado  qualquer aviso sobre o filme que seria publicado em seguida, e foi realmente uma das melhores surpresas que tive naqueles tempos. E, repetindo: já se vão 54 anos!!!

Neste site há inúmeras referências ao filme e aos gibis a ele relacionados, principalmente no módulo "Cartazes, Fotos e Informações ..." - item 1, onde apresento uma longa matéria sobre o filme, e "Contribuições dos Internautas".- itens 5 e 18.

Também, há outro gibi sobre este filme, quadrinizado, num esforço de brasileiros, portanto, um gibi genuinamente brasileiro, que está publicado neste módulo "Produtos - Acervo".

Leiam mais sobre a Ediex, no módulo "Curiosidades sobre Gibis" - itens 4, 23, 24, 28, 43 e 48, neste site.

 

 Abaixo, cena de Shane que se transformou em ícone:   O excelente ator Emile Meyer, no papel de Rufus Ryker,

       no final, quando se despede do pequeno Joe                             em grande desempenho:

  

                                                     www.IMDb.com                                                                   www.pyxurz.com               

                                          Abaixo, a cena da capa do gibi da Ediex, com melhor definição

                               

                                                                                                               www.allposters.com           

.............................................................................................................................................................................