HQ* - CLÁSSICOS DO FAROESTE - Zaz-Traz - Ed. Outubro - nº 03 - 1963 - "Matar ou Morrer" (High Noon), c/ Gary Cooper

HQ* - CLÁSSICOS DO FAROESTE - Zaz-Traz - Ed. Outubro - nº 03 - 1963 - "Matar ou Morrer" (High Noon), c/ Gary Cooper

HQ* - Histórias em Quadrinhos -

CLÁSSICOS DO FAROESTE - nº 03 - 1963 - Editora Outubro - Um momento singular dos gibis no Brasil !!! Raríssimo gibi genuinamente brasileiro! Audaciosa e inédita incursão de brasileiros na publicação de quadrinhos baseados em filmes westerns clássicos. 

O primeiro número trouxe o filme "Shane (1953), dirigido por George Stevens - no Brasil: Os Brutos Também Amam" - com desenhos "mágicos" de Flavio Colin, já publicado neste site (neste módulo e no módulo Momentos Mágicos dos GIBIS - item 01). 

No segundo número da série destes gibis foi publicado o grande western de John Wayne, dirigido por Howard Hawks, "Red River (1948) - no Brasil: Rio Vermelho, que também já está publicado neste site, desenhos de Juarez Odilon.

O western aqui publicado: High Noon (no Brasil: Matar ou Morrer), de 1952, dirigido por Fred Zinnemann, dispensa comentários. É mundialmente conhecido. Foi um dos melhores trabalhos realizados pelo grande ator Gary Cooper - que estrelou vários outros bons westerns - no papel de Will Kane, o xerife que se vê obrigado a enfrentar sozinho o bando de quatro foras-da-lei que volta à cidade para matá-lo. Registre-se, também, a presença de duas grandes atrizes no elenco: Katy Jurado e a belíssima Grace Kelly, além do bom ator Lloyd Bridges. 

 
- Cena do grande faroeste (A solidão de Will Kane):
www.imdb.com     
 

O filme proporcionou grandes atuações à época, além de Gary Cooper que venceu como melhor ator o Oscar de 1953. Um exemplo foi Katy Jurado, com uma interpretação muito consistente, e outro Ian MacDonald, o bandidão Frank Miller, com poucas falas, mas uma presença muito forte.

O gibi infelizmente foi publicado em papel-jornal de baixa qualidade, mas mesmo assim, percebe-se claramente a boa qualidade dos desenhos (e adaptação) de Shimamoto, que captou, de forma perfeita, os principais momentos e os detalhes mais importantes do filme. Alguns quadrinhos são ligeiramente ilustrados a cores, dando um efeito interessante na composição do gibi. Está ligeiramente amarelado pela ação do tempo, mas se encontra em perfeitas condições de leitura. A capa contém ilustrações primorosas de Shimamoto, compondo uma verdadeira obra-de-arte.

Em resumo, considero essa corajosa iniciativa um marco na história dos gibis brasileiros. Louvável sob todos os aspectos. Há poucos exemplares deste gibi nas mãos de colecionadores, tornando-se muito difícil que ele venha a ser conhecido pelo grande público. Não obstante, estou publicando abaixo uma de suas páginas, para conhecimento dos internautas, e também como uma homenagem aos editores e ao grande artista Shimamoto

A publicação não contém data, mas posso afirmar que é dos primeiros anos da década de 1960. Recordo-me que eu e minha turma havíamos assistido Matar ou Morrer algum tempo antes, com certeza em 1962. Pela lembrança, e pela associação de acontecimentos à época, posso afirmar que foi publicado em 1963, com toda certeza.

Já fiz comentários neste site sobre "High Noon", tanto neste módulo "Produtos - Acervo", quanto no módulo "Cartazes, Fotos e Informações ...", ambos abordando um gibi em fotos preto-e-branco publicado no Brasil pela Ediex, na década de 1960: Superaventuras nº 02, com o título de "Dia Sangrento".

Grande western, grande gibi !!!

 
 

- Abaixo, a página 28 do gibi (um momento decisivo) nos belíssimos desenhos de Shimamoto:

Gibi de minha gibiteca: https://70-anos-de-gibis.webnode.com

 

 

Matéria produzida em 2017, revista em 2020.