FAHRENHEIT 451 - Graphic Novel - Editora Globo - 2011 - de Ray Bradbury

FAHRENHEIT 451 - Graphic Novel - Editora Globo - 2011 - de Ray Bradbury

FAHRENHEIT 451 - Editada pela Editora Globo, em quadrinhos. Trata-se de uma das mais importantes obras da literatura americana, no gênero ficção científica, mas carregada de um intrigante alerta sobre os rumos que tomam as nações por força de suas escolhas políticas. 

A obra original é de autoria de Ray Bradbury, que faz a introdução da belíssima "graphic novel" aqui apresentada, cujos impecáveis desenhos são de Tim Hamilton. Podemos chamar de um "livro", nas dimensões de 15,2 x 22,7 cm, com 152 páginas, ilustradas a cores. A tradução foi realizada por Ricardo Lísias e Renato Marques, com "balões" e registros totalmente aderentes ao texto original, o que valoriza ainda mais esta "graphic novel". 

Fahrenheit 451 foi levado às telas do cinema em 1966, em um filme clássico dirigido por François Truffaut e estrelado por Oskar Werner e Julie Christie, que fez enorme sucesso em todo o mundo. Um novo filme sobre o livro está sendo lançado neste ano de 2018

Transcrevo, abaixo, para melhor entendimento dos internautas, o texto publicado na última contra-capa da publicação:

.....................................................................................................................................................

"Para Guy Montag, um bombeiro que considera o cheiro do querosene um perfume, isso não é apenas um slogan oficial. É um mantra, um dever, uma forma de vida em um mundo extremamente monitorado em que pensar é perigoso e livros são proibidos,

Em 1953, Ray Bradbury imaginou uma das distopias mais inesquecíveis que o mundo já viu, e o artista Tim Hamilton traduz essa terrível obra-prima moderna em uma graphic novel de extraordinária imaginação, Como só poderia ocorrer com a plena ajuda de Bradbury, nesta versão autorizada Hamilton criou um trabalho de arte marcante que singularmente captura o despertar de Montag para o mal que significa um pensamento controlado pelo governo e para o valor inestimável da filosofia, da teologia e da literatura.

Incluindo um prefácio original de Ray Bradbury e mantendo o brilho e a força de uma obra de arte canônica e admirada, Fahrenheit 451 é uma excepcional e provocatória obra de literatura em quadrinhos."

.....................................................................................................................................................

 

Trata-se, sem dúvida, de um marco na publicação de quadrinhos no Brasil

.......................................................................................................................................................

OBS.: 

Este gibi, e a página abaixo, são destaques no módulo "Momentos Mágicos dos Gibis" - item 51, deste site.

 Selo-Destaque

......................................................................................................................................................

Vejam abaixo, uma das páginas da "graphic novel",

            a de nº 115, de belíssima composição

      

                  Acervo: https:// 70-anos-de-gibis

                                                    E, abaixo, cartaz do filme de 1966

                                                     

                                                                      www.imdb.com