EDIEX (Editora Editormex) - Uma "propaganda" - Sobre Gibis lançados em outubro de 1961, números 11

EDIEX (Editora Editormex) - Uma "propaganda" - Sobre Gibis lançados em outubro de 1961, números 11

A EDIEX (Editora Editormex) publicou, com enorme sucesso, inicialmente em outubro/novembro de 1960, os gibis SUPERAVENTURAS, FOTO AVENTURAS e ANTAR, todos eles trazendo filmes em forma de fotos, sendo que os dois primeiros traziam, principalmente, filmes de faroeste, e o último - ANTAR - apresentava filmes de Tarzan

Esta foto mostra uma propaganda da Ediex publicada na última contra-capa do número 11 desses gibis.

Ainda em 1961, a Ediex lançou outros dois gibis na linha de faroestes: FOTO WEST e COLT 45 e outros dois ULTRA CIÊNCIA e COSMOS AVENTURAS, na linha da ficção.

Em 1964 lançou FOTO HEROISMO, FOTO AUDÁCIA, FOTO STAR CAPA E ESPADA e FOTO STAR CORSÁRIOS.

Publicava livros de bolso e, também, publicou dois outros gibis de curta duração: FOTO CRIME e LEI DO OESTE.

Eu coleciono esses gibis desde o seu lançamento em 1960. Fiquei impressionado à época, ainda lá em Muzambinho - MG, com os três primeiros números lançados, todos eles já incluídos e comentados neste módulo - Produtos - Acervo: 

- Superaventuras - "Juramento Índio" - TRÁGICA EMBOSCADA - com Charlton Heston;

Antar - "O Filho de Antar" - O FILHO DE TARZAN - com Johnny Weissmuller; e,

Foto Aventuras - "A Última Conquista" - O ANJO E O BANDIDO - com John Wayne. 

A partir do número 3 desses gibis da Ediex, o Bazar Castro, único local que os vendia em minha cidade, parou de recebê-los regularmente. Chegava apenas um ou outro número. Foi um grande desespero para nós que havíamos iniciado nossas coleções. Pedíamos para parentes de outras cidades para comprá-los, mas nem sempre conseguíamos. Eu, particularmente, cheguei a ir a Guaxupé, cidade próxima, ainda pelo trem da antiga linha Mogiana, apenas para comprar os gibis. 

Passados 57 anos do lançamento desses gibis, explico que seu sucesso à época foi principalmente pelo fato de que não tínhamos acesso a cópias dos filmes, ou seja: não existiam DVD, Blu-ray, e nem mesmo as hoje ultrapassadas fitas VHS. Esses gibis eram a "cópia do filme" que possuíamos. E eles demoravam a ser reapresentados nos cinemas, muitos nunca o foram.

Os gibis da Ediex eram a nossa salvação!

Grandes "westerns", filmes de Tarzan, de aventuras e de guerra foram publicados nesses gibis, entre eles: Os Brutos Também Amam, Matar ou Morrer, Rio Vermelho, Winchester 73, Álamo, Kit Carson, Forte Apache, Galante e Sanguinário, Gunga Din, Os Canhões de Navarone, Hatari!, Duelo de Titãs, Aliança de Aço, O Pirata Sangrento, Billy Budd, O Discípulo do Diabo, etc, cujos gibis já estão, praticamente todos os citados, publicados neste site no módulo "Produtos - Acervo".

Esses gibis foram editados no Brasil, com base nos gibis análogos editados na FRANÇA, por volta de 1959, entrando pela década de 1960, cujos direitos foram negociados com a Editormex, sediada no México e que os editou para aquele país, para a América Central e América do Sul; nos países de origem hispânica, foram publicados em castelhano e no Brasil, em português. 

No final de 1967 o projeto brasileiro esgotou-se e deixaram de ser publicados, deixando uma lacuna difícil de ser preenchida, havíamos nos acostumado fortemente com essas publicações.  

Os gibis sobreviveram, evidentemente, nas mãos dos inúmeros colecionadores e têm, hoje, expressivo mercado suportado pela internet.

Leiam mais sobre Ediex, no módulo "Curiosidades sobre Gibis" - itens 4, 23, 24, 28, 43 e 48, neste site.

 

                    Vejam esta bela capa de Antar nº 12 

                           (Tarzan, com Lex Barker), 

                          gibi que teve grande sucesso

                      

            Gibi do meu Acervo: https://.70-anos-de-gibis