O LEÃO AFRICANO - de Walt Disney - Selo Robinson - RGE - Nº 03 - Déc 1960

O LEÃO AFRICANO - de Walt Disney - Selo Robinson - RGE - Nº 03 - Déc 1960

O LEÃO AFRICANO - Um gibi muito especial sobre os animais da selva africana. Trata-se de uma fiel reprodução das belíssimas cenas do documentário "The African Lion", a cores, realizado por Walt Disney, por volta de 1955, com filmagens que duraram mais de dois anos, na região do Serengeti - África. Os desenhos são de muito boa qualidade em que pese a colorização ainda bem rudimentar, no entanto, o gibi consegue transmitir a beleza das cenas filmadas. E temos que considerar que, no fundo, representa o produto de uma época distante (anos 50), portanto, seu valor histórico é bastante significativo.

Tenho uma relação muito forte com esse gibi, assim como tive com o documentário que o originou. Isto porque, ainda menino, com 11 anos de idade. meu pai levou-me para assistí-lo no cinema lá em minha cidade do interior de Minas Gerais - Muzambinho. Fiquei impressionado com as cenas coloridas que vi, jamais as esqueci.

Há alguns anos, mais precisamente em 2008, em homenagem ao centenário de nascimento de meu pai, eu escrevi e editei um livro contando histórias que vivi com ele e, uma delas, à página 58, chama-se exatamente "O Leão Africano". Nela resumi a importância desse documentário naquele momento de minha infância, e que se transformou em uma grata lembrança, sempre revivida a cada vez que folheio este gibi. 

O gibi não contém a data de edição, fato comum nos gibis da RGE, mas acredito que tenha sido na época em que o documentário passou nos cinemas aqui no Brasil, entre 1960 e 1961. E, há pouco tempo, a NET (TV a cabo) reapresentou esse documentário. Desnecessário dizer que o assisti novamente, e com grande emoção.

Vejam mais informações sobre o documentário e sobre este gibi, no item 63 do módulo "Cartazes, Fotos e Informações ...", deste site.

                

                       Abaixo, para que possam apreciar, uma das maravilhosas páginas do gibi, 

           mesmo um pouco amarelada, pelo longo tempo decorrido: aproximadamente 55 anos!

                            

                                                                          Acervo: www.70-anos-de-gibis