LIVRO DE VISITAS - O SEU CONTATO É IMPORTANTE PARA ESTE SITE - Comentários com resposta. Veja no rodapé desta página, campo para envio de mensagem. Avalie o site, dê sugestões, comente. É com base em suas observações que farei melhorias.

Data: 05/03/2017

De: Eduardo Amorim

Assunto: TEX Willer

Tenho percebido que vc dá muito valor ao TEX, meu personagem preferido. Vi uma história, faz pouco tempo, desenhada pelo Tisseli bem diferente das outras, mas procurei informações aqui no seu site e não encontrei. Será que vc pode dar mais informações dele?

Data: 06/03/2017

De: afonso-70-anos-de-gibis

Assunto: Resposta a Eduardo Amorim: sobre TEX Willer

Prezado Eduardo,
agradeço seu contato. Realmente sou um admirador de TEX, grande personagem criado por Gianluigi Bonelli, com desenhos originais de Aurelio Galleppini, tendo vários gibis publicados neste site - módulo "Produtos - Acervo", com diversos comentários e imagens, além de outras matérias em outros módulos: "Curiosidades sobre Gibis", "Momentos Mágicos dos Gibis" e "Breve Histórico sobre Gibis".
Inúmeros e competentes desenhistas têm produzido imagens de Tex, em gibis de vários formatos, preto-e-branco e a cores.
Sobre sua pergunta, creio que a história a que você se refere é: "Duelo na Velha Missão", com texto de Ruju e desenhos de Sergio Tisselli, publicada no Brasil no gibi "Edição Especial Colorida " - nº 8, de fevereiro/2017, muito recente, portanto.
Esse gibi contém 4 (quatro) histórias distintas e uma delas é essa com os belíssimos desenhos de Tisselli, um desenhista italiano que produz imagens, como você bem citou, "diferentes". Tisselli não tem o traço incisivo e contínuo, normal de outros desenhistas de Tex, e compõe as imagens como "nuvens", parcialmente apagadas e "manchadas".
Incrivelmente, o resultado é muito bom. São páginas muito agradáveis de se ler e apreciar, revelando verdadeiras "pinturas" em cada um dos quadrinhos.
No caso desse gibi abordado, sua capa gerou certa polêmica entre os "Texistas". O fato é que o desenho da capa, cuja autoria ainda não identifiquei, foge também à normalidade Texiana, mostrando um Tex com feições abrutalhadas, o mesmo ocorrendo com Dinamite, seu cavalo.
Com isso, muitos leitores criticaram negativamente o gibi. Mas em minha opinião, nada disso reduz o valor dessa edição.
Enfim, estou em viagem e, assim que retornar publicarei no site, uma das páginas da história produzida por Tisselli, para que os demais internautas possam tomar conhecimento dos detalhes que tratamos aqui. Também avaliarei com maior profundidade a questão da capa do gibi, procurando identificar seu autor, não informado na edição.
Um grande abraço, Eduardo, espero tê-lo atendido.
afonso

Data: 14/03/2017

De: afonso - 70-anos-de-gibis

Assunto: Complemento de Resposta a Eduardo Amorim: sobreTEX Willer

Caro Eduardo, conforme prometido, incluí hoje no módulo "Breve Histórico sobre Gibis - Década de 1980 e posteriores", uma página - a de nº 45 - do gibi TEX - Edição Especial Colorida nº 8 de Fevereiro/2017, contendo quatro histórias distintas, sendo uma delas com os belos desenhos de Sergio Tisselli.
Mesmo não fazendo parte de sua pergunta, com relação ao desenhista da capa do gibi, informo que se trata de Gaetano "Tanino" Liberatore, italiano, com farta produção de quadrinhos. Avaliei a questão da reação negativa produzida por sua capa e concluí que ela procede em relação aos admiradores mais tradicionais de Tex, enquanto os mais recentes já se acostumaram com esse tipo de ilustração, aceitando-a sem restrições. No geral, considero que ela estaria ligeiramente fora do padrão a que todos nos acostumamos "ver" Tex, apenas isto.
Por último, informo que estou incluindo no módulo "Curiosidades sobre Gibis", matéria específica no item 60, sobre a capa referida, publicando sua imagem, para que os internautas possam tirar suas conclusões a respeito.
São esses os detalhes adicionais.
Fique à vontade para voltar a este contato quando desejar.
Abraços, afonso

Data: 20/02/2017

De: Zélia z. Souza

Assunto: Banzé

Muito bom este site.
Informações claras e fácil de pesquisar.
Hoje nos lembramos do "Banzé".
Você teria informações sobre ele?
Obrigada,
Abcs, zelia

Data: 20/02/2017

De: afonso - 70-anos-de-gibis

Assunto: Resposta a Zélia: sobre Banzé

Banzé, conhecido por "Scamp" nos USA, é o filhote macho do casal "A Dama e o Vagabundo", filme-animação de Walt Disney, da década de 1950, que teve estrondoso sucesso em todo o mundo.
O filme mostrava a vida dos cães como se fosse de humanos, com a Dama (uma rica Coker Spaniel) apaixonando-se por um Vagabundo (o Vira-Lata).
A mensagem do desenho era muito positiva, mostrando Vira-Lata como um cão de sólidos princípios, correto, corajoso e honesto. E tudo isso ele passou para seu filho Banzé, um cãozinho extremamente simpático.
Banzé se tornou muito popular e o gibi "O Pato Donald" passou a trazer sempre suas aventuras, com inúmeros exemplares exibindo-o na capa.
Muito tempo depois, já nos anos 2000, Banzé teve seu próprio filme ( A Dama e o Vagabundo II - As Aventuras de Banzé), evidentemente mais elaborado e com modernos recursos de animação, e que teve igual sucesso.
Fiz uma pequena abordagem sobre Banzé ao relatar o módulo "Breve Histórico sobre Gibis - Década de 1950", publicando também um desenho com sua imagem.
Já estou preparando, há algum tempo, a inserção no módulo "Álbuns de Figurinhas", do álbum sobre o filme "A Dama e o Vagabundo", editado nos idos de 1959. Aguarde para ver. É um belo álbum.
Espero ter atendido sua expectativa, Zélia.
Abraços,
afonso

Data: 21/02/2017

De: zelia z Souza

Assunto: Re:Resposta a Zélia: sobre Banzé

Obrigada , atendeu sim , e com muita rapidez.
Agradeço a atenção e o empenho.
Abraços, zelia

Data: 28/12/2016

De: Ângela Sartore

Assunto: Grandes Heróis - Faroeste

Sua nova página do site me trouxe grandes lembranças, obrigado. Meu pai falava muito nesses personagens. Gostei muito. E a ideia de apresentá-los como se fossem figurinhas foi genial. Gostei muito mesmo
Parabéns.

Data: 29/12/2016

De: afonso - 70-anos-de-gibis

Assunto: Resposta a Ângela Sartore: Grandes Heróis - Faroeste

Prezada Ângela, Feliz Ano Novo!
Acredito que a página realmente traga boas lembranças aos internautas ligados na história do Velho Oeste, nos filmes e séries de TV que o abordaram, e nos inúmeros gibis que foram publicados tendo o "far-west" como tema.
Quando tive a ideia de organizar nossos heróis nessa página foi pensando exatamente nessa boa lembrança que todos temos.
E a apresentação como se fosse um "álbum de figurinhas" é porque a maioria de nós, dessa geração, que acredito seja anterior a sua, viveu intensamente não só as aventuras desses heróis, como colecionou figurinhas e mais figurinhas, que foram um modismo interessante dos anos 1950 e 60 (eu possuo vários álbuns até hoje), perdurando relativamente até nossos dias.
No início da página dou uma série de informações sobre os contornos da matéria e, aqui, ressalto o fato de não ter colocado heróis surgidos nas telas do cinema, e que ficaram limitados a cada um dos filmes, não tendo se transformado em heróis dos quadrinhos, e aparecendo tão somente na eventual quadrinização de um filme.
Assim, o "herói" ficou intimamente ligado ao ator: casos, por exemplo, de John Wayne, Gary Cooper, Burt Lancaster, James Stewart, Richard Widmark, Alan Ladd, Kirk Douglas, Glenn Ford, William Holden, Henry Fonda, Clint Eastwood, etc, que desempenharam inúmeros papéis.
Alguns deles, como John Wayne, Alan Ladd (e mesmo Rod Cameron, Sunset Carson e Bob Steele, entre outros,) tiveram gibis editados com seus nomes, daí aparecerem no rol dos heróis que apresento, o que acontece também com Clint Eastwood que apareceu regularmente no gibi "Rawhide".
Se, por hipótese, eu fosse listar todos os grandes personagens que surgiram em filmes ou séries de TV, resultaria em uma relação enorme, pois temos, ainda, uma infinidade de outros atores.
No site eu registrei duas exceções: Gail Davis que interpretou Annie Oakley na série de TV e Jeff Chandler que chegou à perfeição na interpretação de Cochise em três faroestes diferentes.
Poderia ter publicado outros, mas teríamos um rol de atores sem fim. Posso citar como exemplos (nas séries): Fess Parker como Daniel Boone, Hugh O'Brian como Wyatt Earp, ou Gene Barry como Bat Masterson.
Enfim, cada um dos internautas tem seus favoritos, o que demandaria publicar praticamente todos.
...................................................................................................................................................................
Segue uma pequena relação de alguns atores (já citados acima) e alguns inesquecíveis personagens que interpretaram nos filmes, apenas como exemplo:

John Wayne – Ringo Kid, Ethan Edwards, Tom Doniphon, Quirt Evans, Hondo Lane, John T. Chance, Tom Dunson, Cap. Kirby York (depois Col.), Davy Crockett, John Chisum, Big Jake, J.B.Books, Rooster Cogburn, J.D.Cahill, McLintock, e outros.

Gary Cooper – Will Kane, Link Jones, Cole Harden, Benjamin Trane, Cap. Quincy Wyatt, Wild Bill Hickok, e outros.

Burt Lancaster – Joe Erin, Wyatt Earp, Massai (Apache), Valdez, Jared Maddox, Ben Zachary, e outros.

James Stewart – Linus Rawlings, Wyatt Earp, Ransom Stoddard, Marshall McCabe, Grant McLaine, Will Lockart, Jeff Webster, Howard Kemp, Glyn McLintock, Tom Jeffords, Lin McAdam, e outros.

Richard Widmark – Lt. Jim Gary, Jim Bowie, Johnny Gannon, Clint Hollister, Comanche Todd, Jim Slater, e outros.

Alan Ladd – Shane, Whispering Smith, Jim Bowie, Johnny MacKay, e outros.

Henry Fonda – Jack Beauregard, Frank, Jethro Stuart, Clay Blaisedell, Morgan Hickman, Col. Thursday, Wyatt Earp, Frank James, Abraham Lincoln, e outros.

Clint Eastwood – O Homem sem Nome, Josey Wales, Bill Munny, Preacher, Bronco Billy, Joe Kidd, Joe, Blondie, Monco, e outros.
...............................................................................................................................................................
De qualquer forma, espero ter criado uma boa oportunidade para revermos todos esses heróis em imagens com uma mesma (ou aproximada) formatação, possibilitando a apresentação como se fossem "figurinhas".
Um abraço, continue acompanhando o site, Ângela.
Isto é o mais importante, tenha certeza. E sempre faça suas observações, elas serão sempre consideradas.
Grato, afonso

Data: 23/12/2016

De: Fausto Elias - Brasília

Assunto: Informações sobre Jesse Marsh

Gosto muito deste site. Tem boas informações e estão numa forma muito bem elaborada. Parabéns.
Seria possível me passar mais detalhes sobre a vida e obra de Jesse Marsh, um dos desenhistas de Tarzan?

Data: 23/12/2016

De: afonso-70-anos-de-gibis

Assunto: Resposta a Fausto Elias: Informações sobre Jesse Marsh

Caro Fausto,
em primeiro lugar agradeço seu contato e observações positivas. Sobre Jesse Marsh já existem várias abordagens neste site, notadamente nos comentários dos gibis publicados no módulo "Produtos - Acervo", mas vou condensar alguns dados aqui para responder-lhe.
Jesse Marsh foi um dos principais desenhistas e cartunistas americanos (1907 - 1966), tendo sido também um dos principais desenhistas de Tarzan como vc mesmo citou. Seu traço, mostrando o herói de uma forma rústica, é inconfundível. Ao olharmos uma figura de Tarzan desenhada por ele, reconhecemos de imediato.
Mas ele não ficou por aí, colaborou com os Estúdios Disney em alguns trabalhos e desenhou outros heróis: Gene Autry, Johnny Mac Brown, John Carter of Mars, Irmãos de Lança (Brothers of Spear), etc
Tenho observado que alguns trabalhos seus e de Russ Manning se confundem. Já vi desenhos de um e de outro apresentados erroneamente, creditando a autoria a Manning quando é de Marsh e vice-versa, mas isto se explica até porque trabalharam juntos, em determinado momento, na produção de Tarzan. Curiosamente trabalharam também em sequência nos desenhos de "Irmãos de Lança" - Brothers of Spear, outro magnífico momento dos quadrinhos.
Foi, sem dúvida, um grande desenhista, eu o considero entre os maiores. Tenho no site inúmeros trabalhos dele publicados; no módulo "Sobre Nós" você encontrará alguns deles. Ao mesmo tempo, no módulo "Momentos Mágicos dos Gibis" tenho até agora dois trabalhos dele incluídos na página (Tarzan e Johnny Mac Brown) e espero colocar outros.
São estas as informações que considero importante passar-lhe.
Um grande abraço e mais uma vez obrigado. Continue prestigiando o site.
afonso

Data: 02/11/2016

De: James R. Neal - Amarillo

Assunto: Brazilian Western Comic Books

Please, in Brazil are still edited comic books on the Old West? If there could publish the titles and same front cover image?

Data: 04/11/2016

De: afonso - 70-anos-de-gibis

Assunto: Resposta a James R. Neal : Brazilian Western Comic Books

Prezado James,
vou responder em português e, logo abaixo, colocarei o texto da resposta em inglês.
Entendi que sua pergunta é sobre a edição de gibis western no Brasil. E se houver, pede uma lista dos títulos e foto de alguma capa.
O fato é que hoje no Brasil não se edita gibis de faroeste oriundos do mercado americano.
Parece curioso, mas os gibis sobre o faroeste americano editados nos últimos tempos no Brasil e em Portugal são oriundos de produção européia, principalmente Bélgica e França, Espanha e Itália.
E no Brasil hoje só temos TEX, e o meio-faroeste Mágico Vento, ambas originárias da Itália, da Bonelli Editores. Há algum tempo havia outros: Jerry Spring, Os Túnicas Azuis, Blueberry (Fort Navajo), Comanche, Durango, Humpa-pá e Lucky Luke (todos da chamada Banda Desenhada Franco-Belga), e a maioria deles em edições de Portugal, que também editou Manos Kelly e MacCoy, estes vindos da Espanha. Cito, ainda, Ken Parker e História do Oeste, originários da Itália.
Veja que não se edita mais gibis do faroeste oriundos dos USA. Os super-heróis tomaram conta dos gibis, esta é a realidade.
Exceção para o desenhista Primaggio Mantovi que editou nos últimos três anos, interessantes Almanaques de Rocky Lane - contendo histórias de vários outros heróis do Velho Oeste - e recentemente editou outro gibi - Heróis do Western - relacionado inclusive aos filmes de faroeste.
Mas pode navegar no site que todos esses gibis citados possuem exemplares publicados, alguns deles com várias imagens e comentários.
Espero ter atendido seu pedido.
Abrs., afonso
.................................................................................
Dear James,
I will answer in Portuguese and, below, put the text of the reply in English.
I understood that your question is about the issue of western comic books in Brazil. And if there is, ask for a list of titles and photo of some cover.
The fact is that today in Brazil not edit comic books Westerns originated from the American market.
It seems curious, but the comic books about the American Wild West published recently in Brazil and Portugal are from European production, especially Belgium and France, Spain and Italy.
In Brazil today we have only TEX, and the mid-western Magic Wind, both from Italy, Bonelli Editors. Some time ago there were others: Jerry Spring, The Blue Tunics, Blueberry (Fort Navajo), Comanche, Durango, Humpa-pá and Lucky Luke (all the call Comic Franco-Belgian), and most of them in editions of Portugal, who also edited Manos Kelly and MacCoy, these from Spain. I quote, yet, Ken Parker and History of the West, originating in Italy.
Note that not edit more western comic books coming from the USA. Superheroes have taken the comic books, this is the reality.
Exception for designer Primaggio Mantovi who edited the last three years, interesting Almanacs Rocky Lane - containing stories of many other heroes of the Old West - and recently published another comic - Western Heroes - related including the movies.
But you can browse the site that all these cited comic books have published copies, some with several images and comments.
I hope I have answered your request.
..................................................................................

Itens: 1 - 12 de 81
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário