HQ* - TESOURO DOS QUADRINHOS - Dezesseis Destaques - Desenhos a cores / em preto-e-branco

HQ* - TESOURO DOS QUADRINHOS - Dezesseis Destaques - Desenhos a cores / em preto-e-branco

HQ* - Histórias em Quadrinhos -

HQ - TESOURO DOS QUADRINHOS - Dezesseis Destaques - Desenhos a cores / em preto-e-branco - Revendo o acervo de minha gibiteca, fui observando capas, desenhos, detalhes, e selecionei 16 (dezesseis) publicações, sobre as quais decidi fazer esta matéria, abordando de forma sintética a sua importância e seu significado para este colecionador, que os considera verdadeiros "Tesouros das Histórias em Quadrinhos".

São gibis que fui adquirindo ao longo do tempo, alguns compondo coleções de sua seriação, o que, ao mesmo tempo que nos proporciona prazer, nos dá (ou deu), sem dúvida, um certo trabalho, qual seja, acompanhamento da publicação, risco de ficarmos sem o exemplar, catalogação, organização, proteção do exemplar contra intempéries, e até certa preocupação quanto à garantia (na verdade não há) de continuidade das edições. 

Lembro-me, em especial, para citar apenas um exemplo, de uma publicação dos anos 80 - Storm (Editora Abril) - que me impressionou desde o primeiro número e passei a comprá-la religiosamente, combinando inclusive com o "banqueiro" que me reservasse um exemplar. De repente desapareceu o gibi, sem aviso, sem adeus, sem respeito, sem dizer o motivo, sem informar se voltaria ... Lamentei profundamente que não mais fosse publicado e guardo com carinho redobrado os poucos números que foram editados há mais de 30 (trinta) anos !!! 

 
- Abaixo, o número 01 de Storm, Editora Abril, uma relíquia
Gibi de minha gibiteca: https://70-anos-de-gibis.webnode.com
 

A imagem do Cavaleiro Negro que utilizei para representar este item é um desenho primoroso (*) de Gutenberg Monteiro, um dos maiores quadrinistas brasileiros, e que se tornou um mestre na figura desse valoroso herói, um dos mais duradouros personagens dos quadrinhos do Velho Oeste, publicado pela RGE

(*) - extraído de https://planetamongo.wordpress.com
 

Ao utilizar esse desenho de Gutemberg penso homenagear não só a ele, mas a todos os bons quadrinistas brasileiros que, não tenho dúvidas, sempre admiraram também o seu trabalho.

Mas, exatamente para quem admira as HQs, manusear um exemplar é sempre uma ocasião de alegria, de prazer. De vez em quando faço isso e, aleatoriamente, vou pegando um exemplar, outro, de repente me lembro de procurar uma certa edição, concentro-me num detalhe qualquer, confirmo um outro, enfim, é muito bom !!! 

As novas gerações não têm o hábito de manusear papel, isto é, preferem tudo na tela de um computador, aparelho celular ou I-pod, eu entendo isso, pois não tiveram o contato com essas publicações num tempo que já vai indo muito longe. E não tínhamos as facilidades que existem hoje. É natural que prefiram a tela de um desses dispositivos. 

Tudo isso me leva a sempre tentar registrar tais detalhes neste site, como forma não só de preservar o que foi produzido há muitos e muitos anos, mas também para permitir que tenham acesso às imagens pelo meio mais adequado a sua preferência.

Vamos, então, ao objetivo básico deste item, que é registrar essas 16 (dezesseis) publicações por mim selecionadas (sem um critério mais incisivo) e tecer alguns comentários a seu respeito. O número de 16 edições foi escolhido por ser par e, porque, numa composição de página, facilitaria o enquadramento das imagens (4x4). 

(Obs.:Todas as imagens seguintes referem-se a gibis de minha gibiteca - https://70-anos-de-gibis.webnode.com):

 

  1. Asterix - Cedibra / Dargaud

HQ* - ASTERIX - Cedibra / Dargaud - nº 08 - 1970 -
 

Asterix - criação máxima (1959) de Uderzo e Goscinny, ambos franceses, descrevendo as impagáveis aventuras dos habitantes de uma aldeia gaulesa localizada nos domínios (ou nos pretensos domínios) do Império Romano. Um sucesso estrondoso em todo o mundo !!! Neste exemplar, uma das melhores histórias já editadas: A Cizânia.

 
 
 

  2. Batman, Ebal - 1967.

HQ* - BATMAN - Ebal - nº 70 - Abril/1967 - de Bill Finger e Bob Kane - Um Batman dos Velhos Tempos, Década 1960
 
 

O grande herói Batman, o Homem-Morcego, criado em 1939, por Bob Kane e Bill Finger, é um dos personagens mais longevos dos quadrinhos, já chega aos 81 anos e continua mantendo a lei e a ordem em Gotham City !!!

 
 
 

  3. Blueberry, Editora Abril Jovem - 1990.

HQ* - BLUEBERRY - Ed. Abril Jovem - nº 01 - outubro 1990 -
 
 

Tenente Blueberry, de Fort Navajo - personagem maior de Jean Giraud, "nascido" em 1963, trouxe uma grande, imensa expressividade para os quadrinhos. Tornaram-se imortais, ambos, autor e personagem !!!

 
 
 

  4. Cavaleiro Negro - Neste exemplar desenhos de Juarez Odilon, uma edição da RGE - 1960.

HQ* - CAVALEIRO NEGRO - RGE - nº 091 - março 1960 - Desenhos de Juarez Odilon
 
 

Cavaleiro Negro - uma verdadeira instituição !!! Há algum tempo, conversando com outros colecionadores, fizemos uma pequena enquete sobre os três personagens preferidos de cada um, ligados ao Velho Oeste. Praticamente todos, entre seus preferidos, incluiram o Cavaleiro Negro. Sua origem seria o "Black Rider" americano, surgido em 1948, mas, se analisarmos bem, ele é um personagem muito identificado com o Brasil. Aproxima-se muito mais do saudoso "Jerônimo", grande sucesso na década de 1950, que do próprio "Black Rider" !!!

 
 
 

  5. Cisco Kid , Editores Associados - 1972.

HQ* - CISCO KID - Editores Associados - nº 01 - 1972 - de José Luis Salinas -
 
 

Cisco Kid - um personagem de mais de 100 anos, "redescoberto" por José Luis Salinas por volta de 1950, tornou-se um fantástico representante do Velho Oeste, influenciado pela cultura hispânica (México). 

 
 
 

  6. Corto Maltese, Desenhos de Hugo Pratt, Pixel Media - 2006.

HQ* - CORTO MALTESE - Pixel Media - s/nº - Maio/2006 -

 
 

Corto Maltese - sem dúvida, uma das maiores expressões dos quadrinhos, um personagem admirável !!! Seu lirismo e seu carisma cativaram milhões de leitores em todo o mundo. Há afirmativas de que esse soberbo herói dos quadrinhos, surgido em 1967, tem uma vertente auto-biográfica de Hugo Pratt.

 
 
 

  7. Durango Kid (no gibi "O Herói") - Desenhos (não identificado o autor), da Ebal - 1956.

 
 

Durango Kid - um dos maiores heróis do faroeste. No cinema, foi interpretado por Charles Starret, com grande sucesso. A capa do gibi é extremamente expressiva, muito bem elaborada. O conteúdo, os quadrinhos, nem tanto, mas este gibi tem um altíssimo valor afetivo para mim: é um dos dois primeiros gibis que tive na infância !!! Ele está comigo há exatos 64 anos !!!

 
 
 

  8. Flash Gordon - Titan Books, Pixel Media, 2012

HQ* - FLASH GORDON - No Planeta Mongo - Titan Books - Selo Pixel Media - 2012 - de Alex Raymond
 
 

Flash Gordon - pensar hoje em um viajante interplanetário na imensidão do espaço sideral, viajando por galáxias desconhecidas, é algo quase sem emoção, mas há 86 anos (1934), deve ter tido em efeito surpreendente na imaginação dos leitores !!! Fantástica criação de Alex Raymond !!!

 
 
 

  9. Lucky Luke - Ed. Martins Fontes, 1983.

HQ* - LUCKY LUKE - Ed. Martins Fontes - nº 01 - 1983 -
 

Lucky Luke - incrível criação de Morris, de 1946, um dos expoentes dos quadrinhos franco-belgas; Lucky Luke consegue o feito de viver e conviver de forma cômica no Velho Oeste, mas preservando a dignidade das lendas e multiplicando a fantástica capacidade que o Velho Oeste tem de gerar emoções.

 
 
 
 
10. O Fantasma, Ediouro - Pixel - 2013
HQ* - O FANTASMA - Ediouro - Pixel - Reedição - nº 01 - 2013 -
 
 

O Fantasma - um dos mais complexos personagens dos quadrinhos, "nascido" em 1936, da genialidade de Lee Falk. Chamado de  "O Espírito-que-anda" é, paradoxalmente, um dos personagens mais simples: um homem, um cão, um cavalo, vivendo numa caverna de uma aldeia de pigmeus, apenas isto !!!  

 
 
 

11. Príncipe Valente, RGE - Década 1960.

HQ* - O PRÍNCIPE VALENTE - RGE - nº 06 - Década 1960 - de Hal Foster
 
 

Príncipe Valente - coragem, dignidade e justiça, são as forças que guiam este herói imbatível, criado por Hal (Harold) Foster em 1937. Personagem moldado dentro das maravilhas da Lenda do Rei Arthur e dos Cavaleiros da Távola Redonda. É, sem dúvida, um dos maiores expoentes dos quadrinhos de todos os tempos !!! 

 
 
 

12. Superman, DC/Panini - 2016

HQ* - SUPERMAN - DC/Panini - de Jerry Siegel e Joe Shuster -  Lendas do Homem de Aço - José Luis García-López - nº 02 - 2016
 
 

Superman - o grande e absoluto herói, surgido em 1938, produto da criatividade de Jerry Siegel e de Joe Shuster !!! Paira, soberano, acima de todos. Veio de um mundo distante, dotado de superpoderes que poderiam lhe dar o domínio e o controle de tudo, mas os direciona e os conduz para o bem e para a justiça, para a paz e para a harmonia. 

 
 
 

13. Tarzan, Dell - 1959.

HQ* - TARZAN - Dell - USA - nº 115 - Nov / Dez 1959 - Um belíssimo gibi
 
 

Tarzan - herói límpido, transparente e puro, vindo da imensidão e das profundezas das selvas, criado há mais de 100 anos por Edgar Rice Burroughs. Para ele, não contaminado pela "civilização", tudo é muito simples: o dia e a noite, o sol e a chuva, o certo e o errado, o bom e o mau ... coisas incompreensíveis para o "civilizado" ...

 
 
 

14. TEX (um book) - A Balada do Oeste (O Meu Tex) - Desenhos de Civitelli, Mythos Editora - 2014.

HQ* - TEX (O Meu Tex) - A Balada do Oeste - Mythos Editora - 2014 -
 
 

Grande TEX - Um momento único, dos mais expressivos e marcantes de TEX - o grande herói do faroeste criado em 1948 pelo italiano Gianluigi Bonelli, com desenhos de Aurelio Galleppini - em que verdadeiras obras de arte são condensadas em um belíssimo "book". São ilustrações de alta qualidade de Fabio Civitelli, numa produção de Giovanni Verger. Maiores detalhes podem ser vistos na publicação individual da edição, em item específico de TEX, neste mesmo módulo "Produtos - Acervo".

 
 
 

15. TinTim, Quadrinhos na Cia - 2012.

HQ* - TINTIM - de Hergé - Quadrinhos na Cia - 2012 -
 
 

TinTim - O personagem criado em 1929, por Hergé. Simpático, curioso, corajoso e independente. TinTim é aquele herói que, quando crianças, gostaríamos de ser um dia, no futuro, mas depois das leituras e dos horizontes ampliados, das constatações e do tempo passado, vemos que - na verdade - ele é quem Corto Maltese deve ter sido na juventude ... então agora somos todos Corto Maltese ... mas guardamos conosco, para sempre, algo de TinTim ... 

 
 

16. Cine Quadrinhos - Almanaque Justiceiro Mascarado - Dez/2018, de Primaggio Mantovi 

 

O Justiceiro Mascarado - Zorro (The Lone Ranger) - O herói de praticamente todos nós !!! Quem viveu a maravilhosa década de 1950 sabe bem o que significaram naquele momento os gibis da Ebal, com Zorro e Tonto, e os poucos mas amados filmes com o herói, além da série de TV que nos cativou para sempre !!! Primaggio Mantovi, num evidente esforço de editoração, nos traz de volta "O Justiceiro Mascarado", em belíssima e notável quadrinização, com os desenhos de Tom Gill !!! Uma verdadeira maravilha !!!

 
 
....................................
 

 

Evidentemente, esses 16 (dezesseis) significativos gibis/personagens não esgotam o assunto, muitos outros poderiam fazer parte do grupo e cada um de nós, felizmente, tem uma visão muito particular, única, desse universo maravilhoso dos quadrinhos. Seria muito fácil produzir novas listas de 16, e mais 16, e mais ..., e todas elas, com certeza, seriam belíssimas listas !!!

Fica aqui um registro muito pessoal de minha intensa relação com os gibis, que teve início por volta de 1956, quando eu tinha apenas 7 (sete) anos de idade. Um irmão, já falecido, comprou alguns gibis e os deixou sobre uma mesa em nossa casa. Comecei a folheá-los e fiquei maravilhado com aquelas imagens de mundos bem diferentes, não familiares para mim. Minha memória registra os gibis de Capitão Marvel, Kit Carson e Durango Kid, apenas esses três ... creio que eram mais, mas não consigo me lembrar. Dois desses gibis recebi como presente de meu irmão (!!!) - Kit Carson e Durango Kid - e estão comigo até hoje, ou seja, há 64 anos !!! 

Finalizo, repetindo uma frase que registrei há tempos, se não me engano, no final do texto de um dos módulos "Breve Histórico sobre Gibis"

- Gibis são eternos !!! 

Modestamente, penso que tenho razão !!!

 
 
 
Matéria produzida em 2020.