HQ* - O FANTASMA - Ediouro - Pixel - Reedição - nº 02 - 2014 - "O Fantasma vai à Guerra" - de Lee Falk c/desenhos de Ray Moore

HQ* - O FANTASMA - Ediouro - Pixel - Reedição - nº 02 - 2014 - "O Fantasma vai à Guerra" - de Lee Falk c/desenhos de Ray Moore

 

HQ* - Histórias em Quadrinhos -

O FANTASMA - nº 02 - Ediouro/Pixel - outro belíssimo exemplar da reedição da Ediouro, com o selo Pixel, em 2014, contendo as tiras publicadas originalmente de fev/1942 a jan/1943, que compõem a aventura "O Fantasma vai à Guerra", de O FANTASMA, criado por Lee Falk, nos desenhos de Ray Moore e Wilson McCoy, agora em papel de altíssima qualidade e a cores. 

...................

Transcrevo aqui, pequeno trecho da apresentação do gibi, de autoria do Editor: Daniel Stycer, bastante elucidativo: 

Esta história, publicada durante a 2a. Guerra Mundial, fez parte do "Esforço de Guerra", quando a maioria dos personagens de quadrinhos norte-americanos foram "convocados", bem como seus autores. Até mesmo O Príncipe Valente, ambientado na Idade Média, entrou em guerra contra os hunos, que simbolizavam o Eixo ..."  

....................

 

É um gibi de alta qualidade técnica, não só quanto aos maravilhosos desenhos, mas também quanto ao argumento, o que valoriza sobremaneira a figura desse lendário personagem dos quadrinhos: O Fantasma - O Espírito que Anda. Na capa do gibi, além da figura do "inimigo", vemos O Fantasma despedindo-se adequadamente de Diana, quando vai para a guerra. Na época foi considerado um dos maiores trabalhos em quadrinhos que, conforme já registrado, buscavam - num verdadeiro "espírito de corpo" - unir esforços de todos os segmentos, no mundo todo, contra o facismo e contra o nazismo.

Lee Falk é, sem dúvida um dos maiores gênios dos quadrinhos, tendo criado, também, o herói e mágico Mandrake, outro personagem extremamente popular em todo o mundo. Infelizmente no cinema não aconteceu o mesmo sucesso obtido nos quadrinhos, para O Fantasma, mas eu, particularmente, não tenho dúvida que o motivo foi a  má escolha do ator principal, que de forma alguma fez jus à imagem do herói, levando o filme a um grande fracasso. 

Mas nos quadrinhos é outra história. Neles, o brilho do Espírito-que-Anda jamais se apagará!

Grande gibi !!! Maravilhoso !!!

Leiam mais sobre Lee Falk e sobre O Fantasma e Mandrake, no módulo "Curiosidades sobre Gibis" - item 15, deste site.

 

- Vejam abaixo, no desenho de Ray Moore, O Fantasma em plena guerra contra os japoneses, nas selvas de Bengala 

Quadrinho de exemplar de minha gibiteca - www.70-anos-de-gibis.webnode.com

 

 

Matéria produzida em 2016, revista em 2019.